Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Pobr€za das Naçõ€s

A Pobr€za das Naçõ€s

…E a escravatura continua.

É difícil acreditar que mais de um século após a abolição da escravatura ainda há seres humanos a serem traficados como mercadorias. O tráfico humano, ou a escravidão moderna, inclui o tráfico sexual de adultos e crianças, trabalho forçado, servidão por dívida, servidão doméstica, trabalho infantil e recrutamento de crianças soldados. A escravatura é considerado como o segundo “negócio” ilegal mais lucrativo. Este mal é causado pela pobreza extrema, conflitos armados, discriminação social, corrupção, fracas instituições políticas, a desestruturação das famílias, etc. Basicamente, todos os países são afectados, por este motivo é considerado como um problema global que exige esforços coordenados de todas as nações e organismos internacionais. Mas infelizmente alguns países, por motivos políticos, sociais, económicos, não têm a mínima capacidade para combater os traficantes, criando as condições ideias para a prática deste crime hediondo contra a dignidade humana. No entanto, a coordenação de esforços não é só a nível institucional, a sociedade civil também pode contribuir para combater este crime, através de uma maior sensibilização das pessoas, por exemplo, com as seguintes acções: campanhas de informação, acções de formação para prevenção e denúncia, apoio a vítimas, a eliminação de produtos resultantes de escravatura. Nunca seremos completamente uma sociedade desenvolvida, enquanto houver seres humanos privados do seu direito fundamental de liberdade. É possível acabar com a escravatura, mas para isso é necessário combater, citando apenas algumas das causas, as desigualdades de rendimentos, guerras civis, a corrupção e o capitalismo selvagem. Recomendo a leitura do Relatório sobre Tráfico Humano do Departamento de Estado Norte-Americano de 2015 (http://www.state.gov/documents/organization/245365.pdf).